Moimenta da Beira: Planalto Festival está de regresso durante seis dias

De 30 de agosto a 4 de setembro, o Planalto, Festival das Artes regressa à vila de Moimenta da Beira. São seis dias de programação nas áreas da dança, do teatro, da música, do cinema, das artes visuais e da performance. O programa inclui ainda, workshops, conversas, aulas, caminhadas culturais, projetos de mediação cultural e de ecologia. “É um programa multidisciplinar que não se centra apenas numa lógica de apresentar uma programação artística e cultural. Queremos sentir o pulso de quem aqui vive, e deixar que essas pulsações alimentem o caminho com que vamos desenhar o futuro deste projeto”, conta Luís André Sá, diretor artístico e de programação.
Este ano, o festival conta com a estreia de dois novos programas. O Neblina, programa de participação artística e de mediação cultural e o Programa de Arte Pública. 
"Ao todo, serão 31 propostas que se desenvolvem sobre uma curadoria em torno do encontro, da sustentabilidade e da paisagem. Um programa que envolve públicos e participantes dos 3 aos 89 anos, criando diálogos intergeracionais que ativem a participação de toda a comunidade", refere a organização.
Do programa desta edição constam nomes como o da coreógrafa Tânia Carvalho, assim como, da dupla Sofia Dias & Vitor Roriz. O diretor artístico revela que “serão certamente dois momentos altos desta edição. Uma oportunidade única para ver ou rever “Síncopa”, um dos projetos mais vigorantes da carreira de Tânia Carvalho, coreografado e dançado pela própria”.
A 31 de agosto, o bailarino Filipe Pereira apresenta “Arranjo Floral”, uma conferência performance. A 1 de setembro, Tiago Cadete, apresenta “Atlântico”, a 2 de Setembro, no Largo do Outeiro, sobre a Serra de Leomil, a pianista Joana Gama apresenta um recital que percorrerá obras de Erik Satie, Hans Otte, entre outros. No dia seguinte, penúltimo dia do festival, "a harpista espanhola Angélica Salvi fará reverberar as cordas da sua harpa num concerto intimista num local muito especial". Também na área da música, a cantautora brasileira Labaq, que atua na última tarde do festival, promete "um concerto emocional e revitalizante". Da programação de cinema fazem parte os filmes “Ana e Maurizio”, de Catarina Mourão, a 31 agosto, “Amor Fati”, de Claúdia Varejão, a 2 setembro, e ainda, Tânia Carvalho com o filme “Um saco e uma pedra – peça de dança para ecrã”, ao início da última tarde de festival. Sobre os frescos da nave central da Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, acontecem duas performances de duas artistas brasileiras. A 30 de agosto, Josefa Pereira apresenta “Hidebehind” e, a 3 de setembro, Bibi Dória, apresenta “É puro glacê”.


Publicidade

 

 


2021-08-26 15:04:18
Autor: Irene Ferreira

Outras Notícias


Local

Viseu: Trabalhos no ex-IP5 condicionam trânsito durante três dias

Entre quinta e sexta-feira (27 a 29 de outubro), o trânsito no antigo IP5 vai estar condicionado na zona de Viseu, durante o dia, devido ao desmantelamento dos pórticos de sinalização. Em comunicado de imprensa a Infraestruturas de Portugal (IP) explica que "por forma a garantir a segurança dos utilizadores da via e dos trabalhadores em obra, torna-se necessário proceder ao condicionamento do trânsito, com a circulação a processar-se de forma alternada à passagem no local da intervenção”.
Neste sentido, a IP agendou o início dos trabalhos para as 08h30 sendo que, na quinta-feira, se realizam no nó de Figueiró (km 81,5), na quinta-feira será no nó de São Pedro do Sul (km 88,5) e, na sexta-feira, no nó do Sátão (km 93,5).
“A zona de trabalhos e respetivos condicionamentos encontram-se devidamente sinalizados e terão acompanhamento das autoridades policiais no local”, refere a IP, apelando à “melhor compreensão para os eventuais transtornos que este condicionamento temporário possa provocar”.

Cultura

Mangualde: livro de Almada Negreiros inspira concerto da Gira Sol Azul

A Biblioteca Municipal Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe na sexta-feira (29 de outubro), pelas 21h30, o concerto “Tangerina”, para adultos e crianças, pela banda do coletivo Gira Sol Azul eu se inspirou no livro “A invenção do dia claro”, de Almada Negreiros.
Segundo uma nota de imprensa trata-se de um espetáculo “onde os artistas recuperam a metáfora da tangerina que rola de um cesto até ao mar e descobre o mundo, e com ela também todos partem à descoberta de novos lugares”.
“O concerto irá trazer um reportório com um lado rock/pop, mas cujas composições são muito influenciadas pela harmonia jazz, música erudita e música étnica. Fusão de estilos que caracteriza os vários trabalhos que Ana Bento e Bruno Pinto, intérpretes musicais e cofundadores da Gira Sol Azul”, explica a nota de imprensa.
O concerto tem entrada gratuita, mas é sujeito ao levantamento prévio de bilhetes, e exige o cumprimento das regras da Direção-Geral da Saúde (DGS) quer no respeito pela sinalética e distanciamento de segurança, como no uso obrigatório de máscara.

Local

Tribunal de Viseu adia leitura de acórdão de presidente da Câmara de Tondela

O Tribunal de Viseu adiou, esta sexta-feira (22 de outubro), a leitura do acórdão relativo ao caso que envolve o presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus (PSD), acusado de ter recebido pagamentos indevidos por deslocações em viaturas próprias.
A leitura do acórdão "foi adiada por motivos de saúde da juiz presidente do coletivo", disse uma fonte do tribunal.
Nos próximos dias, "será designada nova data" para essa diligência, acrescentou.

 

Política

Mangualde: JS com eleições a 30 de outubro. Renato Albuquerque avança com recandidatura (com áudio)

A Juventude Socialista (JS) de Mangualde vai a eleições no final deste mês de outubro. Recandidata-se ao cargo Renato Albuquerque que se apresenta como candidato único. Para os próximos dois anos a aposta é na formação política e no reforço da militância. À Dão Digital, Renato Albuquerque justifica a recandidatura.
As eleições estão marcadas para dia 30 de outubro.

Local

Covid-19: três turmas da Escola Ana de Castro Osório, em Mangualde, em isolamento (com áudio)

Três turmas da Escola Ana de Castro Osório, em Mangualde, e dois professores estão em isolamento profilático, depois de três alunos e uma professora terem testado positivo ao novo coronavírus.
O diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, Agnelo Figueiredo, faz o ponto de situação.
Os três alunos e a professora infetados regressam à escola no início de novembro. O diretor do agrupamento apela calma à comunidade escolar.
Também nas Piscinas Municipais estão quatro turmas de crianças e uma de adultos em isolamento, depois de na quarta-feira (20 de outubro) um professor de natação ter testado positivo.
Na quinta-feira, a Câmara Municipal de Mangualde deu conta de 21 novos casos de Covid-19, no concelho, relativamente às últimas 24 horas. Esta sexta-feira surgiram mais seis infetados.
Nesta altura, no concelho, há 29 casos ativos.

Local

Mangualde: feira promove a adoção animal, este sábado (com áudio)

Este sábado (23 de outubro) decorre em Mangualde a ”Feira de adoção” de animais de companhia. São cães provenientes do CROI (Centro de recolha oficial intermunicipal de animais de companhia, localizado no concelho de Sátão.
Um serviço intermunicipal que abrange os concelhos de Mangualde, Sátão, Penalva do Castelo e Aguiar da Beira.
O objetivo passa por sensibilizar a população para a adoção, como explica Rui Costa, vereador na autarquia de Mangualde.
Rui Costa considera que é necessária uma maior aposta na sensibilização para a adoção de animais.
A iniciativa tem lugar em frente ao edifício da Câmara Municipal entre as 14h30 e as 17h30. Segundo a autarquia, o animal adotado é entregue gratuitamente esterilizado, vacinado e identificado com microship.