Futsal: Diogo Couceiro assinou pelo Viseu 2001

O Viseu 2001 chegou a acordo com Diogo Couceiro para representar o clube, que irá disputar o Campeonato Nacional da 3ª Divisão Nacional na próxima época desportiva 2024/2025.
O ala de 22 anos, passou por clubes como CS S. João, Futsal Azeméis ou Ossela, e na época desportiva passada representou o ABC Nelas, tendo atingido a marca de melhor marcador do clube.

Publicado por: Irene Ferreira
2024-04-24 11:56:54

 

 


Publicidade

Outras Notícias


Local/Regional

A região de Viseu espera por dias quentes e secos ao longo desta semana (com áudio)

A temperatura máxima, na região de Viseu, esta semana, pode atingir os 33 graus e a mínima os 17 graus. A previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) dá conta de tempo seco e quente. O vento vai soprar um pouco mais intenso durante a noite, como adianta a meteorologista Ângela Lourenço.
De acordo com a técnica, os valores da temperatura estão ligeiramente acima do normal para esta época do ano, mas nada de extraordinário.

Local/Regional

PSP de Viseu fiscalizou e apreendeu viaturas usadas em corridas ilegais

A PSP de Viseu, com apoio do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), realizou uma operação de fiscalização de combate à realização de corridas ilegais (street racing) e alterações de características dos veículos (tuning). De acordo com a polícia, o objetivo é o de alertar para os perigos associados a este tipo de práticas, sobretudo, “quando levadas a cabo em condições e espaços inapropriados, colocando em risco a vida e integridade física dos próprios, de outros condutores e utentes da via pública”.
Em comunicado, a PSP refere que foram fiscalizadas cerca de 30 viaturas, tendo sido apreendidas 16. Dessas, 15 foram por alteração de características e uma por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.
A PSP de Viseu garante que vai continuar atenta, mantendo a vigilância devida e desencadeando operações de fiscalização com vista “a promover uma maior segurança rodoviária de todos os utilizadores da via pública”.

Saúde e Bem-Estar

Viseu: sindicatos da saúde concentram-se no hospital em defesa da urgência pediátrica (com áudio)

Delegados e dirigentes dos sindicatos que integram a União dos Sindicatos de Viseu, nomeadamente os que representam trabalhadores do setor da saúde, vão concentrar-se na entrada principal do Hospital de Viseu. Na iniciativa, agendada para esta quarta-feira às 10h30, participa também o Movimento de Utentes dos Serviços Públicos de Saúde do distrito de Viseu.
Francisco Almeida, presidente da  União dos Sindicatos de Viseu, diz que o encerramento noturno da urgência pediátrica, no Hospital de Viseu, é uma situação inaceitável.  
O sindicalista considera que o problema da falta de médicos e outros profissionais se deve à falta de condições por parte da entidade patronal, neste caso, o Ministério da Saúde.

Local/Regional

Museu Almeida Moreira, em Viseu, acolhe conversa com Sérgio Valente, 'O Fotógrafo da Revolução'

O Museu Almeida Moreira, em Viseu, recebe esta quarta-feira, 29 de maio, pelas 18h00, a tertúlia “À conversa com Sérgio Valente - O Fotógrafo da Revolução”. A Câmara Municipal de Viseu organiza o evento, através do Museu Municipal, que vai contar com a presença de Sérgio Valente, reconhecido pelas fotografias emblemáticas da Revolução dos Cravos.
Segundo a autarquia viseense, a sessão será moderada por Manuela Cruzeiro, investigadora do Centro de Documentação 25 de Abril.
Durante o evento, os participantes "terão a oportunidade de observar e discutir algumas das fotografias icónicas de Sérgio Valente, que se encontram em exposição no Museu. Além disso, o fotógrafo partilhará histórias verídicas e experiências vividas durante a Revolução, oferecendo um olhar único sobre este período marcante da história de Portugal", refere a Câmara Municipal.
A entrada é livre.

Local/Regional

Mangualde: apanha do mirtilo começa esta semana. Expectativas são altas para a campanha (com áudio)

Época da apanha dos mirtilos arranca esta semana em Mangualde. A produção é recebida pela Coape, a Cooperativa Agro-pecuária dos Agricultores de Mangualde, a pensar na exportação.
Segundo Rui Costa, o presidente da cooperativa, as expectativas para a campanha deste ano são boas. O responsável fala numa previsão que ronda as mais de 500 toneladas de fruta.
A campanha, na região, envolve dezenas de produtores que esperam escoar as centenas de toneladas de fruta através da Coape, principalmente para o mercado inglês.
A campanha, que decorre até finais de agosto, conta com o trabalho de centenas de pessoas, apesar de algumas dificuldades de recrutamento. Rui Costa destaca a mão de obra estrangeira, fundamental para a campanha.

Local/Regional

Viseu recebe debate sobre a emergência de um novo modelo de cuidados

Na manhã desta quarta-feira (29 de maio), o Auditório da Quinta da Cruz, em Viseu, acolhe a Conferência Internacional “Cuidar Sem Amarras: A Urgência de um Novo Modelo de Cuidados”.
Uma iniciativa, organizada pelas Obras Sociais de Viseu, que pretende refletir e desenhar novos rumos no cuidado em Portugal.
De acordo com a organização, a conferência conta com a participação de três especialistas: Ana Urrutia, Médica Geriatra e presidente da Fundación Cuidados Dignos, com o tema “Libera-Care, Modelo de Atención Centrado en la Persona Sin Sujeciones: Del éxito en España a Portugal.”
O médico André Rodrigues, representante da Associação dos Médicos das Pessoas Idosas institucionalizadas, fala sobre "Contenção Física em Idosos - Qual a realidade das ERPI em Portugal?".
Joana Aroso, Advogada, vai intervir sobre “A contenção de idosos à luz da Dignidade da Pessoa: algumas reflexões”.
Segundo José Carreira, presidente das Obras Sociais de Viseu, “Portugal tem que despertar para a urgência de um novo modelo de cuidados, de modo a garantir a dignidade e o respeito pelos direitos humanos de todas as pessoas cuidadas, nos mais diversos contextos, familiares ou institucionais. Não se trata de apontar o dedo, mas, isso sim, de sensibilizar, capacitar, formar, dar ferramentas e revolucionar os cuidados prestados às pessoas idosas”. “Tenho muita esperança de que esta conferência seja o primeiro passo para que possamos mudar de paradigma e de modelo. O Modelo vigente está esgotado”, refere.