Mundo

Mundo
Hoje (21 de março) é o Dia Mundial da Árvore

A celebração do Dia Mundial da Árvore ou da Floresta começou a 10 de abril de 1872, no estado norte-americano do Nebraska (EUA). O seu mentor foi o jornalista e político Julius Sterling Morton, que incentivou a plantação ordenada de árvores no Nebraska, promovendo o "Arbor Day".
Em Portugal, a 1.ª Festa da Árvore comemorou-se a 9 de março de 1913 e o 1.º Dia Mundial da Floresta a 21 de março de 1972.
O objetivo da comemoração do Dia Mundial da Árvore é sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos. Estima-se que 1000 árvores adultas absorvem cerca de 6000 kg de CO2 (dióxido de carbono).
 

Mundo
A guerra da Rússia/Ucrânia por António Vilarigues (com áudio)

A invasão russa à Ucrânia começou na madrugada desta quinta-feira (24 de fevereiro) a partir de três frentes: leste, norte e sul. As tropas entraram pela Rússia, Bielorrússia e Crimeia. Países que não são totalmente desconhecidos para António Vilarigues, militante do PCP, e residente em Penalva do Castelo. António Vilarigues teve a oportunidade de, há vários anos, estudar naquela região e ir á descoberta da história que une ou afasta aqueles países.
A Dão Digital ouviu o ponto de vista de António Vilarigues sobre a guerra que rebentou na Europa.

Mundo
Rotary de Mangualde doa verba para erguer escola na Guiné Bissau (com áudio)

O Rotary Club de Mangualde atribuiu uma verba de 500 euros para um projeto de educação na Guiné Bissau. O objetivo passa por ajudar a reconstruir uma Unidade Escolar, que irá substituir uma outra que foi destruída pelas chuvas fortes há cerca de dois anos.
Luis Fraga, presidente do Rotary Club de Mangualde, falou à Dão Digital sobre a iniciativa.

Mundo
Esta quinta-feira é Dia de Reis

O Dia de Reis é celebrado anualmente no dia 06 de janeiro.
É uma data comemorativa, mas não é feriado. Este dia é também conhecido como Festa da Epifania, que comemora a manifestação de Jesus aos homens como o Filho de Deus.
Esta celebração católica está associada à tradição natalícia, que diz que três reis magos do Oriente, visitaram o Menino Jesus na noite de 05 para 06 de janeiro, depois de serem guiados por uma estrela.
Os Três Reis Magos chamavam-se Belchior, Baltazar e Gaspar, e levaram de presente ao Menino Jesus, ouro, incenso e mirra.
A tradição manda que neste dia a família se volte a reunir para celebrar o fim dos festejos de Natal. Os alimentos da Noite de Reis são: o bacalhau com batatas cozidas, o bolo-rei, o pão-de-ló, as rabanadas, os sonhos, entre outras iguarias de Natal.
É também o dia em que se cantam as "Janeiras".
No dia seguinte ao Dia de Reis, as famílias começam a retirar os enfeites de Natal que decoram as casas durante a época de Natal.

Mundo
Natal: simbologia da Missa do Galo

A Missa do Galo é uma tradição muito antiga da Igreja Católica e consiste basicamente numa celebração que é realizada à meia-noite na véspera de Natal, isto é, na passagem do dia 24 para o dia 25 de dezembro. É uma cerimónia que celebra o nascimento de Jesus Cristo.
A principal Missa do Galo é realizada na Basílica de São Pedro, localizada no Vaticano, e é conduzida pelo próprio papa, sendo transmitida para todo o mundo. Outras missas do tipo são realizadas um pouco por todo o lado

Mundo
Natal: simbologia do Pai Natal

O Pai Natal é uma das figuras lendárias mais emblemáticas do Natal.
A história do Pai Natal é baseada num facto verda­deiro. No século IV, Nicolau, bispo de Mira, cidade situa­da entre Rodes e Chipre, tinha o hábito de distribuir presentes entre os pobres, mas não gostava de receber agradecimentos.
Mesmo depois da sua morte, as crianças holandesas acostumaram-se a colocar os seus sapatos à porta de casa, esperando a visita de S. Nicolau. Faziam-no na noite de 5 para 6 de dezembro data da canonização do santo.
O costume generalizou-se, mais tarde, por ou­tros países, inclusivamente em França que, em vez de festejar S. Nicolau a 06 de dezembro, mudou a data para a noite de Natal, passando a chamar-lhe “Pai Natal”.

Mundo
Natal: a simbologia do presépio

O presépio é considerado um dos mais importantes símbolos do Natal. É a representação do nascimento de Cristo.
No século XIII, São Francisco de Assis recriou o presépio onde nasceu Jesus Cristo. Fez uma encenação do nascimento do Menino Jesus com personagens representando Maria, José, os três Reis Magos e alguns animais.
Desde então, tornou-se, por todo o mundo, uma tradição recriar o presépio na época do Natal.
Hoje em dia, os presépios são montados em miniaturas como decoração de Natal. Geralmente, no presépio há as seguintes imagens:

  • Menino Jesus 
  • Maria, mãe de Jesus
  • São José, esposo de Maria e pai adotivo de Jesus.
  • Animais (vacas, burros, ovelhas) - os animais aqueceram o menino que tinha nascido num estábulo.
  • Anjo - O anjo é o mensageiro de Deus. Foi ele quem anunciou o nascimento de Jesus aos pastores que tomavam conta dos rebanhos.
  • Reis Magos - Os três reis magos foram guiados por uma estrela e levaram ouro, incenso e mirra ao Menino Jesus.

Mundo
Natal: simbologia da Estrela

Também conhecida como estrela de Belém, a Estrela de Natal é um dos grandes símbolos do momento em que Jesus Cristo veio ao mundo. Esse fenómeno serviu para indicar aos três Reis Magos o local onde a criança estava.
O aparecimento da estrela de natal é um grande mistério para os astrónomos. Muitos dizem que a estrela de Belém era, na verdade, um cometa, mas a origem do fenómeno nunca foi confirmada.
Nos dias atuais, a estrela é tradicionalmente é usada na decoração do presépio ou no topo da árvore de Natal.

Mundo
Natal: a simbologia dos Reis Magos

Dentro da tradição cristã, os reis magos são conhecidos por serem os personagens que visitaram Jesus Cristo logo após o seu nascimento, eles são chamados pelos nomes Baltasar, Gaspar e Melchior. A narrativa bíblica não dá muitos detalhes sobre eles, apenas relata que eles foram visitar Jesus para adorá-lo e lhe entregar presentes, ouro, incenso e mirra. 
Melchior, cujo nome quer dizer “meu Rei é luz”, veio de Ur, na Caldeia. É ele quem oferece o ouro; Gaspar, cujo nome quer dizer “aquele que vai confirmar”, veio do mar Cáspio. É ele quem oferece o incenso; Baltazar, cujo nome quer dizer “Deus manifesta o Rei”, veio do Golfo Pérsico. É ele quem oferece a mirra.
O presente do ouro oferecido para Jesus mostra o reconhecimento de que aquela criança, mesmo em sua pequenez e fragilidade, é o verdadeiro Rei.
O presente do incenso mostra que os magos reconhecem naquela criança, o próprio Deus. O incenso era algo oferecido somente para as divindades.
O presente da mirra simboliza que aquele Rei Divino também é verdadeiramente humano. A mirra era usada para preparar os corpos para o sepultamento. 
Os três reis representam as raças e os povos de todo o mundo. 

Mundo
Natal: simbologia do pinheiro enfeitado

No mundo, milhões de famílias celebram o Natal com uma árvore. A árvore é o símbolo da vida, é uma tradição mais antiga do que o próprio Cristianismo e não é exclusiva de uma só religião. Muito antes de existir o Natal, os egípcios levavam galhos verdes de palmeiras para dentro de suas casas no dia mais curto do ano, em dezembro, como símbolo de triunfo da vida sobre a morte. Embora, os egípcios tenham criado uma das primeiras simbologias, a primeira referência a uma árvore de Natal é do século XVI, quando, na Alemanha, famílias ricas e pobres decoravam árvores com papel colorido, frutas e doces. Esta tradição espalhou-se pela Europa e chegou aos Estados Unidos pelos colonizadores alemães. A árvore de Natal passou a ser popular em todo mundo.
Tradicionalmente, a árvore deve ser montada no início do Advento, que é o período de preparação do Natal para os cristãos.
O Advento dura quatro semanas. Assim, as pessoas dedicam o fim do mês de Novembro para montar a árvore e arrumar os enfeites, preparando a casa para o dia de Natal.

Mundo
Natal: a vela como símbolo da época festiva

No natal a vela simboliza Jesus, a Luz. Por isso, com a ornamentação das velas, o Natal é considerado a festa da luz. As velas tradicionais de natal geralmente são as de cores verde, vermelha, branca e dourada.
A vela branca traz equilíbrio, paz e luz interior. O branco simboliza ainda a pureza e a inocência.
A vela de natal verde contem a essência da natureza, o poder de cura e a saúde para todos os corpos: físico, emocional, mental e espiritual. O verde também é a cor do equilíbrio e do movimento.
A vela de natal vermelha simboliza a paixão de Cristo, a força criativa que envolve todos os seres. É uma cor de vela que traz energia, ânimo e alegria.
A vela dourada representa a fartura, a fortuna, seja no campo material, seja no campo espiritual. O dourado simboliza ainda a energia expansiva e criativa da mente.

 

Mundo
Viseu junta-se ao mundo na Greve Climática Estudantil desta sexta-feira

Viseu é umas das 14 localidades portuguesas que esta sexta-feira (24 de setembro) acolhe a Greve Climática estudantil. A iniciativa está agendada para as 10h00 em frente ao edifício da Câmara Municipal. O protesto acontece também em Albufeira, Aveiro, Braga, Caldas da Rainha, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Lisboa, Mafra, Porto, Santarém e Sines.
O ambiente é apenas uma das causas da iniciativa cuja "narrativa" distribuída aos ativistas equipara a crise climática ao "sexismo, racismo", discriminação de deficientes e "desigualdade de classe".
O protesto, que tem marcadas quase 1.500 ações em vários países do mundo, 14 das quais em cidades portugueses, intima "os colonizadores do Norte" a pagar "a dívida climática pela quantidade desproporcional" de emissões poluentes ao longo da História.
"A crise climática não existe num vácuo. Outras crises socioeconómicas como o racismo, o sexismo, a discriminação de deficientes, desigualdade de classe e outras amplificam a crise do clima e vice-versa", lê-se num manifesto divulgado na página internet do movimento "Fridays for Future".
Nele se fornece aos ativistas que aderem ao protesto uma "narrativa" em que o inimigo do movimento surge claramente identificado: "a elite do Norte Global que causou a destruição das terras dos 'Povos e Áreas Mais Afetados' através do colonialismo, imperialismo, injustiças sistémicas e ganância cruel que acabou por causar o aquecimento do planeta".
É esse "Norte Global" que é "responsável por cerca de 92 por cento das emissões em excesso", refere o “Fridays for Future”, que considera que a maior parte dos roteiros para a neutralidade carbónica pecam por implicar "efeitos secundários arriscados para as populações locais", como a perda de território para as florestas que se pretende plantar.
"Precisamos de planos concretos e orçamentos carbónicos anuais, não os planos vagos de neutralidade carbónica com que os líderes mundiais têm acenado", defendem.
Outras medidas que pedem são "reparações climáticas antirracistas", o cancelamento de dívidas decorrentes de fenómenos climáticos extremos e "fundos de adaptação" que sirvam as comunidades.
O movimento realiza protestos desde 2018, ano em que a ativista sueca Greta Thunberg, então adolescente, faltou durante várias semanas às aulas em frente ao parlamento sueco.

Mundo
Hoje é assinalado o Dia Mundial da Pessoa com doença de Alzheimer (com áudio)

Esta terça-feira (21 de setembro) é assinalado o Dia Mundial da Pessoa com doença de Alzheimer. Uma doença cada vez mais falada no país e no mundo. Para José Carreira, coordenador do Centro de Apoio Alzheimer de Viseu, é importante que a sociedade dê mais importância ao Alzheimer.
Para assinalar o Dia Mundial da pessoa com a doença de Alzheimer, o Centro de Apoio Alzheimer de Viseu abre uma sala de terapia destinada a quem sofre da doença.
Ao longo deste mês, em Viseu têm decorrido diversas atividades para alertar para o Alzheimer. Vários edifícios têm sido iluminados com luz roxa, a cor que identifica a doença. Estão também patentes exposições. José Carreira fala dos objetivos.

Mundo
Sustentabilidade Ambiental em Mangualde

Com o objetivo de incentivar para a sustentabilidade do planeta, a Câmara Municipal de Mangualde, em colaboração com o Planalto Beirão, irá distribuir miniecopontos pelo município. O Município de Mangualde integra a Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão (AMRPB), com mais 19 municípios da região e, nesse sentido, promove o Plano de Sensibilização e Educação Ambiental (PSEA) ao abrigo do projeto Ideia com Futuro — Reciclar no Planalto Beirão.

O principal objetivo do Plano de Sensibilização e Educação Ambiental é incentivar à separação dos resíduos valorizáveis de papel/cartão, plástico/metal e vidro, garantindo que possam depois ser reciclados e transformados em matéria-prima para novos produtos e, dessa forma, evitando que sejam depositados em aterro.

O arranque da entrega dos miniecopontos contou com a presença de um represente do Planalto Beirão, José Portela, do presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, e do Vereador da Câmara Municipal, João Lopes. Devido à pandemia da COVID-19, os agentes do Planalto Beirão irão deixar os seus miniecopontos na caixa de correio, de forma a garantir a segurança de todos.

No ano de 2020, apesar de ser um ano marcado pela pandemia de COVID-19, registou-se um aumento de resíduos recicláveis. Demonstrando que a separação dos resíduos continua a ser uma das preocupações dos cidadãos.

Mundo
DIA MUNDIAL DA FLORESTA: SENSIBILIZANDO AS GERAÇÕES FUTURAS

Para assinalar, mais uma vez, o Dia Mundial da Floresta, que se celebra a 21 de março (próximo domingo), o Município de Mangualde associou-se à iniciativa do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas na plantação simbólica de um exemplar carvalho-alvarinho. A instituição desafiou todos os municípios da região centro e da Direção Regional de Conservação da Natureza e Floresta do Centro.

A Escola Básica do 2º e 3º ciclos da Ana Castro Osório de Mangualde voltou a ser palco desta iniciativa com a plantação de um exemplar de carvalho-alvarinho, realizada no interior do perímetro escolar. No decorrer da iniciativa, foram visitadas outras árvores plantadas em sessões passadas, verificando-se a sua vitalidade e relevância no plano paisagístico e educativo da comunidade escolar.

A apadrinhar a iniciativa deste ano esteve presente o presidente de Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, bem como Ana Marto, Professora daquela escola, um elemento do Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Mangualde, e um aluno representante de cada turma do 1º ao 3º ano de ensino, cumprindo com todas as normas impostas pela DGS, não colocando em risco a saúde pública dos educandos.

“Estas atividades são relevantes na formação escolar, sendo sempre fundamental alertar para a necessidade de valorização do ambiente como garantia de futuro e da sustentabilidade ambiental e geracional” destacou Elísio Oliveira.