Economia

Economia
Galius abre nova oficina Renault Trucks em Mangualde

A Galius, empresa do Grupo Nors, representante exclusivo da Renault Trucks em Portugal, abriu uma nova Unidade Após-venda em Mangualde. 
O novo espaço, situado na Rua da Tapada, assegura, segundo a empresa, toda a atividade de venda e após-venda da Renault Trucks na região de Viseu.
"As novas instalações, de dois pisos, estão inseridas num lote com 9.078 m2, dispõem de 16 baias de trabalho e vão assegurar todos os serviços e necessidades de manutenção e reparação de todo o tipo de veículos Renault Trucks, e incluem ainda uma zona de estacionamento para mais de 100 veículos (pesados e ligeiros)", explica.
“O alargamento e a constante modernização da rede após-venda Renault Trucks são um passo importante no reforço do compromisso assumido pela Galius junto dos seus clientes. Desta forma passamos a proporcionar aos clientes desta região e a todo o tráfego de camiões Renault Trucks na A25, corredor privilegiado de entrada em Portugal, um ponto estratégico garantido assim os mais elevados padrões de qualidade da marca”, afirma Afonso Martins, CEO da Galius.
O investimento que ronda 1,6 milhões  de euros, em Mangualde, levou à criação de 20 novos postos de trabalho na região.

“Para a sua implantação em Mangualde a Empresa Patinter teve um papel fundamental enquanto grande cliente e enquanto proprietário do terreno e investidor das instalações que fez à medida para alugar à Galius. Coube à Câmara Municipal participar através da extensão da rede de condutas de eletricidade e telecomunicações. É mais uma empresa a reforçar o cluster automóvel, a intensificar a nossa economia e mais uma marca a prestigiar o nosso território. É também mais uma expressão da nossa boa localização”, referiu o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, durante a sua intervenção na inauguração.

Economia
A Stellantis (Mangualde e Vigo) alcança um milhão da nova geração de viaturas comerciais compactos

Fábricas de Mangualde e Vigo, em Espanha, da Stellantis (antiga PSA), superam a produção de um milhão de unidades da nova geração de veículos comerciais compactos da marca Peugeot/ Citroën e Opel/Vauxhall, com a versão 100% elétrica.
Segundo a empresa, a nova geração dos Peugeot Rifter/Partner, Citroën Berlingo/Berlingo Van, Opel Combo Life/Cargo e Vauxhall Combo Life/ Cargo produzem-se em série desde 2018 e atualmente comercializam-se em 70 países de todo o mundo. "Em julho de 2021 começou a produção das versões 100% elétricas destes modelos", explica.
"Com os modelos Peugeot e-Rifter e e-Partner, Citroën ë-Berlingo e ë- Berlingo Van, Opel Combo-e Life e Cargo e Vauxhall Combo-e Life/ Cargo, a Stellantis reforça a sua liderança no segmento de veículos comerciais ligeiros", refere a empresa.
A fábrica de automóveis de Mangualde, conta com 900 colaboradores e produziu, no ano passado, 64.650 veículos Citroën Berlingo, Peugeot Rifter/Partner e Opel Combo, tendo sido "o segundo melhor ano de sempre".
O Centro de Vigo, com 7.400 empregados, terminou 2020 com a produção de 498.600 veículos dos modelos Citroën Grand C4 Picasso, Berlingo, Elysée; Peugeot 2008, E-2008, Partner, 301; e Opel Combo.
Ignacio Bueno, Diretor do Centro de Vigo da Stellantisn refere que "a produção da nova geração de veículos utilitários ligeiros da Peugeot, Citroën e Opel contribuiu para transformar a fábrica de Vigo e torná-la mais eficiente". "Com as versões 100% elétricas destes modelos, Vigo consolidou o seu 'know-how' na produção de veículos zero emissões, iniciada há mais de duas décadas”, conta.
José Luis Alonso Mosquera, Diretor do Centro de Mangualde da Stellantis diz que “a produção dos Peugeot Rifter/Partner, Citroën Berlingo/Berlingo Van e Opel Combo Life/Cargo foi decisiva para a fábrica de Mangualde e agradeço a todos os colaboradores a sua implicação e compromisso no cumprimento das exigências de produção e qualidade”.

Economia
Mangualde: gabinete de arquitetura abriu portas na Rua da Saudade (com áudio)

Em Mangualde abriu, esta sexta-feira (17 de setembro), um novo espaço dedicado à arquitetura. O responsável é o arquiteto Francisco Albuquerque. À Dão Digital explicou porque escolheu a cidade mangualdense (Rua da Saudade) para instalar o seu projeto profissional.

Economia
Balbino e Faustino promete criar 15 novos postos de trabalho em Mangualde

A empresa Balbino e Faustino vai instalar-se no concelho de Mangualde. O anúncio foi feito pelo presidente da autarquia mangualdense, Elisio Oliveira.
"Trata-se de um investimento de 1,5 milhões de euros, na compra das antigas instalações da fábrica de granitos Ibergran (ao lado da antiga fossa da Lavandeira) e em novos equipamentos e adaptações. Prespectiva atingir 15 postos de trabalho com o desenvolvimento da atividade", refere o autarca.
A empresa tem sede em Alcobaça e presença em Leiria, Paços de Ferreira, C. Branco, Sintra e Algarve. Fatura anualmente cerca de 40 milhões de euros e emprega 230 trabalhadores.
"Tem cerca de 3000 clientes, alguns estrangeiros, e atua na área da comercialização, também alguma transformação, de madeiras para mobiliário e carpintaria", acrescenta.
Os principais produtos que desenvolve são chapas de melamina, contraplacados, laminados, entre outros e fornece a Sonae e Lusofinsa, e outros clientes.

Economia
Castro Daire: Município lança nova edição do programa Estímulo Inovação Empresarial

O Município de Castro Daire aprovou a 2ª edição do Programa Estímulo Inovação Empresarial para as empresas do concelho.

A Câmara Municipal lança, pelo segundo ano consecutivo, o desafio aos empresários de Castro Daire "para serem empreendedores, dinâmicos, procurarem inovar na sua área de negócio, seja através da aquisição/criação de novos produtos ou através de novos processos de fabrico/venda/prestação dos seus serviços, procurando, desta maneira, fazer crescer individualmente cada empresa e consequentemente, fazer crescer toda a economia local".

"Este Programa tem como objetivo apoiar os empresários/empreendedores locais para práticas empreendedoras e de inovação, promovendo o espírito de iniciativa, o dinamismo da atividade empresarial e económico do concelho de Castro Daire", refere a autarquia.

Os beneficiários dos apoios previstos no regulamento são as microempresas e Pequenas e Médias Empresas, "sediadas ou localizadas no concelho, de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica, legalmente constituídas, que se proponham desenvolver projetos de investimento que contribuam para a inovação e diferenciação produtiva e/ou dos serviços prestados", acrescenta o Município.

O Programa Estímulo Inovação Empresarial contempla um montante global de 7500€, que será distribuído de acordo com a avaliação das candidaturas, sendo que a taxa máxima de incentivo a atribuir é de 75% das despesas elegíveis, com o limite máximo de 2500€ por candidatura.

O Programa vai ser desenvolvido em parceria com a Associação Empresarial de Castro Daire e Beiras.

Economia
Emprego: Critical Software pretende reforçar equipa, em Viseu, até ao final do ano

Critical Software, empresa especializada em soluções de software e serviços de engenharia para o suporte de sistemas críticos, pretende aumentar a equipa do escritório de Viseu até ao final do ano de 2021 e, para tal, tem neste momento 50 oportunidades para o desenvolvimento de projetos nas áreas de aeronáutica, automóvel, e-commerce, fintech e Internet of Things (IoT). Os interessados podem obter mais informações a enviar a sua candidatura através do website.
"A empresa procura profissionais com diferentes níveis de experiência e diferentes conhecimentos de desenvolvimento de software para integrar a sua equipa", refere a Critical Software. O escritório localizado na cidade de Viseu celebra este ano o terceiro aniversário e "inclui, por exemplo, um espaço onde o colaborador pode desligar da sua rotina e desenvolver as suas próprias ideias com recurso às mais recentes tecnologias".
“Na Critical Software, acreditamos que o potencial do talento português vai muito além dos grandes centros urbanos e que cabe às empresas criarem oportunidades de carreira nas várias regiões, de forma a contribuir para o seu crescimento e desenvolvimento. Neste sentido, o nosso objetivo passa por continuar a criar oportunidades de aprendizagem e de progressão de carreira em cidades com um ambiente propício à inovação, como é o caso de Viseu”, explica Filipa Carmo, responsável pela área de atração de talento da Critical Software.
A aposta da Critical Software na região de Viseu está alinhada com o seu objetivo de impulsionar o crescimento dos seus escritórios fora das metrópoles. Além de Viseu, a tecnológica portuguesa tem ainda centros de engenharia em Vila Real, Tomar, Coimbra, Lisboa e Porto sendo que o objetivo é continuar a reforçar as equipas também nestas zonas do país.
Os interessados poderão realizar a sua candidatura através do email csw-recruitment@criticalsoftware.com ou do site.

Economia
Mangualde: F7 Mobile com novas instalações (com áudio)

A loja F7Mobile, em Mangualde mudou de instalações. Agora está no Largo do Rossio, nº 122. O novo espaço foi inaugurado esta segunda-feira (05 de julho).
Ouça a reportagem da Rádio Dão Digital